fbpx
Cisto sinovial (articular) na coluna
5 de junho de 2018
Obesidade e Hérnia de Disco
16 de outubro de 2019

O processo de artrose ou desgaste da coluna lombar que ocorre com a idade, pode restringir os movimentos das pernas. As famosas hérnias de disco e bicos de papagaio, além de deformidades que aparecem com o decorrer do tempo, quando associadas com uma predisposição genética do indivíduo podem levar a uma condição de que chamamos de estenose de canal lombar.

Geralmente, pacientes acima de 60 anos, que começam a se queixar de peso ou dormência nas pernas ao caminhar antes conseguiam andar 30 minutos até que os sintomas aparecessem. Esse tempo vai reduzindo e, após alguns minutos andando, as pernas podem adormecer, perder força ou então doer, e a pessoa é obrigada a parar para descansar, geralmente em posição curvando a coluna.

O que está acontecendo na coluna, é que o processo de artrose leva a um estreitamento do canal por onde passam os nervos, e são esses nervos que levam toda a informação das pernas para o cérebro, então, por causa da compressão esse sinal é interrompido na coluna.
Dependendo do grau de compressão e dos sintomas, o tratamento pode ser clínico com medicamentos e fisioterapia. Além disso, é importante a prevenção, hábitos de vida saudáveis, como alimentação, sono e atividade física tardam o envelhecimento do corpo e, consequentemente, da coluna. Em casos graves, o tratamento cirúrgico pode ser necessário. A técnica de descompressão por vídeo é uma alternativa mais recente que permite que o procedimento seja feito em nível ambulatorial, ou seja, sem necessidade de internação hospitalar, o paciente faz a cirurgia e cerca 3 horas após o procedimento, levanta e vai para casa, geralmente já com melhora dos sintomas.

O Instituto Amato possui uma sala de cirurgia especialmente desenhada para esse tipo de procedimento endoscópico.

Veja o vídeo explicativo: http://wpconseld.com.br/neurocirurgia/content/envelhecimento-da-coluna

 

Dr. Marcelo Amato - CRM: 116.579
Dr. Marcelo Amato - CRM: 116.579
Médico e Neurocirurgião pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP); Doutor em Neurocirurgia (Clínica Cirúrgica) pela Universidade de São Paulo (FMRP-USP), orientado pelo Prof. Dr. Benedicto Oscar Colli; Especialista em Neurocirurgia pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) e pela Associação Médica Brasileira (AMB); Especialista em Cirurgia de Coluna pela Sociedade Brasileira de Coluna (SBC) e Associação Médica Brasileira (AMB); Linha de Pesquisa em Cirurgia Endoscópica da Coluna desde 2013 pela FMRP-USP com diversos artigos e livros publicados nacional e internacionalmente; elaboração de aulas e cursos nacionais e internacionais sobre Endoscopia de Coluna, e realização de consultorias em todo território nacional ; Neurocirurgião referência do Hospital de Força Aérea de São Paulo (HFASP); Diretor do Amato - Hospital Dia;

24 Comments

  1. maria madalena dos santos disse:

    minhas vértebras lombar não existe mais disco mas com retrolistese pra frente posso fazer cirurgia

    • Olá Maria Madalena! Obrigado por compartilhar suas dúvidas conosco!
      Na degeneração discal avançada, as vértebras podem mesmo colar uma na outra… isso pode ou não ser a causa dos seus sintomas. Isso porque existem muitas pessoas com “vértebras coladas” que não sentem nada. Para identificarmos o que está te causando problemas, precisamos de uma avaliação clínica detalhada. Não deixe de agendar uma consulta com um neurocirurgião. Nossa equipe está à sua disposição!

  2. maria madalena dos santos disse:

    minha sinto muita dor sim trava eu nao ando esquemia tenho hereditario todos aqui foram pera a cadeira e trabalho pesado vida toda eu tambem dançava em bandas grupos quanto a idade sou considerada pela medicina nova para tantos problemas e limitações

  3. maria madalena dos santos disse:

    meu exame mostra vertebra lado direito colada osteofitos retrolistese ernia tc .to perdendo equilibrio meu cerebro esta estrano parece vazio de informações porem devido alguns sintomas grastricos pele linfonodo aumentado se suspeita espondilite anquilosante mas nao tenho essa certeza.

  4. Jocelei de Jesus Ferreira disse:

    Fiz uma ressonância e nela mostra a T5 quebrada e sem líquido, pelo menos foi isso que o ortopedista me disse, dói muito e as vezes fico travada. Qual seria o tratamento? Medicação ou cirurgia?

    • Olá Jocelei. Infelizmente, só com essas informações não consigo ajudar e orientar um tratamento adequado. Quando a vértebra sofre achatamento maior que 50% e/ou há compressão neurológica, a cirurgia precisa ser considerada. Esperamos poder ajudar mais através de uma consulta médica presencial ou à distância. Atenciosamente,

  5. Celia dos santos disse:

    Gostaria quando o exame da discopatia

  6. Daysi Cristina Felício Batista disse:

    Olá minha mãe não está andando, sem força pernas ,braços médicos dizem que é lombar,desgaste coluna e etc me ajude com alguma informação

    • Olá Daysi. Para que o desgaste da coluna atinja braços e pernas, não pode ser na coluna lombar. Ou é a coluna cervical que está acometida ou então é algum outro problema. Estamos à disposição para consultá-la, investigar o que está acontecendo, chegar ao diagnóstico e indicar o tratamento correto!

  7. Angela Aparecida Costa Petinatti disse:

    Oi, minha tia está com muita dor e nos exames consta que tem desgaste no quadril , hérnia de disco, bico de papagaio e o nervo ciático esmagado. A cirurgia da leizer é indicada ?

  8. Edilene de Jesus disse:

    Tenho muitas dores na coluna lombar

  9. Zenailde Lacerda Araujo da Costa disse:

    Boa noite dr.fiz uma ressonância estou com desgaste na t3t4t5 sinto muitas dores já fiz fisioterapia tomei injeções tramam mas não consigo virar na cama e pra levantar sinto forte dores não sei mais o Q tomar obrigada

  10. Patricia disse:

    Boa tarde Dr. Tenho 48 anos e desgaste dos discos. Sobretudo na l4 e l5 praticamente nao existe mais disco. Tenho dor lombar. Nao me aconselham cirurgia. A dor que tenho podera vir da diminuicao do disco? O que devo fazer? Obrigada

    • Oi Patrícia! Dor lombar pode vir dos discos sim, mas também pode vir de outras estruturas, como os nervos, articulações facetárias, articulações sacro-ilíacas, e de toda a musculatura que envolve esse região. Para um tratamento eficaz da sua dor, inicialmente é importante identificar a(s) principal(is) estrutura(s) responsável(is) por ela. As vezes, uma cirurgia é de fato desaconselhável, mas outros procedimentos minimamente invasivos para o alívio da dor pode ser considerado, por exemplo, os bloqueios e as infiltrações na coluna.

  11. patricia disse:

    Obrigada Dr por responder.. é verdade Doutor que há pessoas que tem as vertebras na lombar coladas e não sentem dor?

  12. Eduarda disse:

    Ola DR.Tenho 23 anos é fui diagnosticada com desgaste na coluna lombar e cervical tem dias que não consigo nem mi sentar direito! Teria algo que mi ajudaria pois ainda sou muito nova e sofro muito com essas dores

    • Olá Eduarda! Após os 20 anos, 20% da população já tem alguns sinal de desgaste na coluna, no entanto, diversas ações devem ser tomadas para impedir a progressão desse desgaste e trazer melhora da qualidade de vida. Não deixe de procurar um neurocirurgião especialista em coluna para ajudá-la com essas orientações. Atenciosamente,

  13. Vanusa jacob de araujo disse:

    Tenho 05 vertebras desgatafas na coluna e 04 hernia de disco e nao sinto muito firmeza nas pernas isso e normal dr ando com moletas e as pessoas falam pra eu larga a moleta mas nao consigo e normal

    • Olá Vanusa! Não é normal precisar de muleta para se locomover. Desgastes e hérnias podem fazer parte do envelhecimento da coluna, mas se estão causando sintomas, precisa de avaliação! Certamente há algo a ser feito para que melhore sua qualidade de vida. Estamos à disposição. Atenciosamente,

  14. Marcio Monteiro da Silva disse:

    Fiz um raio X da lombar deu pequena redução discal l5s1 é normal?

    • Olá Marcio. Um dos sinais de desgaste de um disco intervertebral é a redução de sua altura. Alguns sinais de desgaste são esperados e podem ser considerados normais se não houver nenhum sintoma relacionado e dependendo da idade e condições clínicas gerais. Se tiver feito o Raio X por causa de algum incomodo é melhor procurar um especialista em coluna para que te oriente corretamente, ok?! Estamos à disposição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.